Páginas

sábado, 24 de setembro de 2016

I fell asleep amid the flowers


(apaixonar-mo-nos em Mr.Robot)

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Opiniões #8: The Summer Garden

Título: The Summer Garden
Autor: Paullina Simons
Páginas / Ano: 746 / 2006
Descrição aqui


AIIIIII *inserir rio de lágrimas* m'nha Nossa Senhoraaaaaa, que livro bom!

Assim para começar, vamos fazer um minuto de silêncio para lamentar eu ter chegado ao final desta trilogia. Eu bem disse que a ia devorar toda este ano, mas acho que foi mais rápido do que eu própria pensei (e sendo que li tudo em ebooks em inglês, já me aventurei em lojas para procurar as cópias destes 3 livros em português....mas este ainda não existe :( :( ).


Que dizer deste livro??? Simplesmente fascinante. Estou mesmo muito fã da Paullina Simons e de toda a sua escrita. E mais que isso, da Tatia e do Shura. *corações* *corações*

No inicio, presenciámos o dia a dia da Tatiana, Alexander e Anthony, os 3 na sua vidinha a crescer e a amar e a viajar pelos Estados Unidos e a principio até achei que isto iam ser 700 páginas de mimimis e de muito amor e que iamos chegar a meio do livro com 40 filhotes e 300 discussões por coisas banais (viva as coisas banais, nos outros livros metiam-se na guerra e quase morriam!) e esse tipo de coisas. Pensei que fosse só um livro em que a Paullina não queria largar este casalinho fofo e por isso nos presenciasse com alguma paz e amor.

HA HA HA HA, para mim.


ESTE LIVRO!!!! ESTE LIVRO!!!! Oh meu Deus.

Então quando a meio do livro começam os dramas existenciais do Alexander por a Tatia ser uma pessoa super evoluída e à frente do seu tempo e em que uma pessoa (vulgo, eu) só quer desatar à chapada ao Alex por ser tão bruta montes e parvalhão  por culpar a Tatia por todos os males da sua vidinha (I mean, só estás vivo por causa dela, migo), as emoções sobem-nos logo à flor da pele.

Mas depois... DEPOIS!!!!! Depois perdoamos o Alex porque PRONTO. Vou contar-vos abaixo, nos spoilers, sim??? Porque se ainda não lerem este baby, vão a correr pegar nele. E se já leram, vamos abaixo debater a decisão mais estúpida, idiota e que deixa uma pessoa com o coração nas mãos deste livro, sim???

Vou também adiantar que este livro tem muiiiiitas citações lindas e maravilhosas, mas esta foi a minha preferida (é possível que depois escreva um post com as minhas 10 citações favoritas):

"I’m getting off the boat at Coconut Grove. It’s six and you’re not on the dock. I finish up, and start walking home, thinking you’re tied up making dinner, and then I see you and Ant hurrying down the promenade. He is running and you’re running after him. You’re wearing a yellow dress. He jumps on me, and you stop shyly, and I say to you, come on, tadpole, show me what you got, and you laugh and run and jump into my arms. Such a good memory.
I love you, babe."



Leiam tudo o que eu penso sobre esta série:
Primeiras Impressões de "O Cavaleiro de Bronze" [livro 1]
Opinião Final de "O Cavaleiro de Bronze"
Citações Favoritas
Primeiras Impressões de "Tatiana and Alexander" [livro 2]
Primeiras Impressões de "The Summer Garden" [livro 3]


****************** SPOILERS ABAIXOOOOO****************** 

terça-feira, 13 de setembro de 2016

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Primeiras Linhas #6: The Summer Garden



Chegou este dia pelo qual muitos de nós (eu) esperávamos (esperava): comecei a ler o último livro da trilogia "Cavaleiro de Bronze" da Paullina Simons.

Pois, é. Vamos reflectir sobre esse facto.


Ora bem, este menino, chamado "The Summer Garden" (acho que não existe tradução portuguesa, ainda) é um livraço, de cerca de 700 e tal páginas e eu, a bem dizer, já não vou nas primeiras linhas, não. Vou a meio do livro, na página 300 e poucos.


 E que é que tenho a dizer nesta primeira opinião? AMO.


"Mas isso não é novidade, Cat, tu amas estes livros todos". É verdade, queridos, é verdade. Este livro não nos acrescenta muito à história depois dos outros dois, até ao momento não existe assim grande
acção mas sabem quando são escritores e amam tanto duas personagens que simplesmente têm que escrever mil momentos cutxi e mimimi? Pronto, é este livro.

Muito Alexander. Muita Tatiana. Muito Anthony.

Mas ai, ai, ai, ai, não seria eu se não me tivesse passado já umas quatrocentas vezes com o comportamento possessivo-obsessivo-machista-totalmente-desnecessário do Alex (desculpe lá oh senhor Barrigton-eu-tenho-o-Rei-na-barriga, mas tinhas sequer chegado a algum lado sem a Tatiana??? NÃO. Não, não terias....estarias morto algures E NOBODY WOULD CARE) qu é só muito LOL para quem leu os livros anteriores e sabe que ele não seria nada se não fosse a mulher mas ainda assim gosta de continuar a rebaixá-la.... Ai, my God. E depois aquele patrão dele. Por favor.



Homens machistas, sigam o caminho e ponham-se a andar por favor.

No final de contas fico só com pena da Tania, que é uma mulher muito à frente do seu tempo e com - perdoem-me a linguagem - uns tomates monumentais e portantos, incompreendida por todas as criaturas deste livro com a excepção do pequenino Anthony que é o único que a venera como ela merece.

Ah, e existem uns flashbacks com o Pasha (faca no coração) e com a Dasha (faca no coração) e com mais umas personagens duvidosas que podem totalmente passar à frente se não quiserem ler mas como sou masoquista leio estas linhas todas, mesmo.

Vamos lá ver quantos mais cabelos vou arrancar até ao final do livro!

Leiam tudo o que eu penso sobre esta série:
Primeiras Impressões de "O Cavaleiro de Bronze" [livro 1]
Opinião Final de "O Cavaleiro de Bronze"
Citações Favoritas
Primeiras Impressões de "Tatiana and Alexander" [livro 2]

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

TAG: The Harry Potter Book TAG


Como sabem, comecei recentemente a ler Harry Potter!!!! *façamos uma dancinha durante uns momentos*  É verdade, já acabei de ler o 1º livro da saga e já comecei o segundo e apesar de não escrever uma opinião sobre estes livros (porque sinceramente, sinto que não tenho muito a dizer que sobre esta temática do Harry Potter já se disse muito e, como senti que o que vi dos filmes fez com que não tivesse nenhuma surpresa nos livros), vou fazer uma TAG!!!

Pois é. Vi esta TAG no canal da filipab0oks sendo que a TAG foi criada pela Accio Reviews. Pareceu-me uma TAG bem gira e diferente, por isso, vamos lá:

Expecto Patronum - a childhood book connected to good memories
                                       um livro de infância relacionado com boas memórias

O Pequenu. Acho que já referi este livro anteriormente mas lembro-me sempre de ser o livro que os meus pais me liam ao deitar.

Expelliarmus - a book that took you by surprise
um livro que te surpreendeu

O Felizmente Há Luar surpreendeu-me muiiiiiiitoooo. Não esperava nada de um livro de leitura obrigatória, principalmente depois da catástrofe que foi o Frei Luís de Sousa, mas quando li gostei tanto que o acabei numa só tarde.

Prior Incantato - The last book you read
O último livro que leste

Bom, por ironia, foi o Harry Potter e a Pedra Filosofal!
 
Alohamora - A book that introduced you to a genre you hadn't considered before
Um livro que te introduziu num genero em que nunca tinhas pensado

O Gone Girl deixou-me o bichinho dos policiais e dos thrillers e é um género que gosto de ler e que quero ler mais, mas tenho que ir com calma porque são livros que me deixam muito curiosa e me levam a deixar tudo de lado para os ler. 

Riddikulus - a funny book you've read
Um livro engraçado que tenhas lido

Ai, aqui vou deixar o meu livro preferido, o meu pick me up: o Wallbanger [acho que foi já traduzido para português weee]

 Sonorous - a book you think everyone should know about
Um livro que achas que todos deviam saber

O CAVALEIRO DE BRONZE DA PAULLINA SIMONS.
A COURT OF THRONS AND ROSES DA SARAH J. MAAS
WE WERE LIARS DA E.LOCKHART

Obliviate - a book or spoiler you would like to forget having read
Um livro ou spoiler que gostavas de te esquecer de ter lido

O final de Allegiant. O We Were Liars, que assim podia ler sempre sem saber o que ia acontecer.

Imperio - A book you had to read for school
Um livro que tive que ler para a escola

O Memorial do Convento de José Saramago. Obrigatório no 12ºano, e um dos únicos  que ficou no meu coração.

Crucio - a book that was painful to read
Um livro doloroso de ler

A trilogia do Cavaleiro de Bronze da Paullina Simons é doloroso de se ler porque, bolas, estamos sempre com o coração nas mãos.

Avada Kedavra - a book that could kill (interpret as you will)
Um livro que te podia matar

Os livros do Outlander são meninos para matar qualquer um, caso nos caiam em cima da moleirinha.


E se vos abri o apetite, ide responder a esta TAG que estão todos tagueados.